Ficha Técnica
Autor: MaryJanice Davidson
Editora: Berkley Sensation
Encadernação: Massmarket Paperbak
N.º de páginas: 255
Género: Paranormal Romance


Sinopse
"It's been a hell of a week for Betsy Taylor. First she loses her job. Then she's killed in a freak accident only to wake up in a morgue to discover she's a vampire. On the plus side, being undead sure beats the alternative. She now has superhuman strength and an unnatural effect on the opposite sex. But what Betsy can't handle is her new liquid diet...And whilst her mother and best-friend are just relieved to find out that being dead doesn't mean Betsy's can't visit, her new 'night-time' friends have the ridiculous idea that Betsy is the prophesied vampire queen. The scrumptious Sinclair and his cohorts want her help in overthrowing the most obnoxious power-hungry vampire in five centuries. (A Bella Lugosi wannabe who's seen one to many B-movies.) Frankly Betsy couldn't care less about vamp politics. But Sinclair and his followers have a powerful weapon in their arsenal - unlimited access to Manolo Blahnik's Spring collection. Well, just because a girl's dead - er undead - doesn't mean she can't have great shoes..."

Opinião
Este livro foi uma daquelas compras por impulso. Decidi investigar as recomendações que a Book Depository estava a fazer com base no meu historial de compras e, num impulso, decidi comprar este livro. E que belo impulso este! Gostei tanto ou tão pouco que, ainda não tinha acabado este livro (e levou cerca de 24 horas a acabar), e já tinha tratado de encomendar todos os restantes com esta edição (mais um caso em que a meio da série a editora decide trocar o grafismo das capas).

Este é um livro que mistura chick lit (mas de uma chick "osso duro de roer") com vampirada e outras criaturas e manifestações sobrenaturais (acho mesmo que esta série só peca por meter tudo o que é sobrenatural ao barulho), misturado com um sentido de humor por vezes corrosivo mas absolutamente delicioso e irresistível!

A personagem principal é do melhor que tenho visto nos últimos tempo no que a comédia diz respeito, e é-o ainda melhor por não ser essa a intenção dela, isto é, todas as situações retratadas no livro que facilmente nos arrancam uma valente gargalhada, são conseguidas com demonstrações da personalidade desta personagem e não por situações ou falas forçadas, à procura da graçola fácil. A passagem onde a Betsy se tenta "matar" das mais variadíssimas formas (não esquecer que ela é "imortal" tanto quanto um vampiro o é logo, não morre das mesmas formas que um comum mortal) e pelo motivo que ficarão a saber quando lerem o livro (já de si cómico), é para lá de hilariante e tudo o que acontece nunca parece forçado mas sim algo inato.

Outro dos pontos altos deste livro é o facto de, enquanto uns a elevam a uma categoria de Rainha quase deificada, ela própria não se levar nada a sério e achar que essa coisa de realeza não é nada o estilo dela. Como ela vai lidar com esta situação e com o Sinclair (a contra-parte masculina e interesse amoroso sempre existente na chick lit) é, por mais que uma vez, motivo de óptimos momentos de humor literário.

O que eu me ri com este livro!

Julgo que não será preciso, depois de tudo o que acima escrevi, dizer que aconselho vivamente este livro para os apreciadores do género. É que é mesmo, mesmo muito bom! Altamente recomendável para quem precisa de umas boas horas de bom entretenimento e diversão garantida.


Comments (3)

On 23 de abril de 2010 às 20:46 , Ana C. Nunes disse...

Tenho este livro na minha wish-list, mas depois desta opinião então é que subia na prioridade.
Já sabia que era uma comédia, mas parece que ainda vai provocar mais risadas do que esperava.

 
On 23 de abril de 2010 às 23:08 , WhiteLady3 disse...

A Slayra já me tinha falado bem deste livro e a tua crítica faz aguçar a curiosidade. Ainda por cima se faz rir. :D

 
On 24 de abril de 2010 às 08:24 , Book Addict disse...

Eu acho a personagem da Betty absolutamente hilária... adoro-a!!!