Autor: Stephenie Meyer
Editora: Gailivro
N.º de Páginas: 753
Género: Romance Fantástico
ISBN: 978-989-557-588-6
Tradutor: Maria Peres

Sinopse
"Se a tua vida era tudo o que tinhas para dar, como poderias recusá-la? A alguém que amavas verdadeiramente? Para Bella Swan, o amor inelutável por um vampiro enreda-se, de um modo fantástico e terrível, com a realidade perigosamente opressiva. Impelida, num sentido, pela sua paixão intensa por Edward Cullen e, no outro, pela ligação profunda ao lobisomem Jacob Black, Bella enfrentara um ano tumultuoso de tentações, perdas e conflitos que a irá colocar perante um momento final e decisivo. A escolha eminente entre ingressar num mundo tenebroso mas sedutor dos imortais, ou prosseguir uma existência inteiramente humana é o fio do qual se suspendem os destinos dos dois clãs. Agora que Bella já tomou uma decisão, uma cadeia perturbante de acontecimentos sem precedentes está prestes a desenrolar-se, antevendo efeitos potencialmente devastadores e incomensuráveis. Quando os fragmentos corroídos da sua vida - inicialmente desvendada em "Crepúsculo" e, depois, estilhaçada e dilacerada em "Lua Nova" e "Eclipse" - parecem prestes a sarar e a unir-se num todo, será que irão terminar destruídos... para sempre? "
retirado do site da Bertrand


Opinião
Como é que se consegue escrever tanto e dizer-se tão pouco e acontecer ainda menos?! Pois perguntem à querida Stephenie Meyer que encheu os seus lindos bolsinhos de dinheiro à conta desta saga que, resumida a 3 livros em vez de 4, ainda tinha "palha" a mais.

Que melhor para expressar o meu sentimento relativo a este livro, que dizer que foi um mágico contribuinte para as minhas noites de insónia, terminando com elas de vez! Só o acabei no tempo que acabei porque o levei para o dentista (aí está uma saga ainda mais interminável que esta) e estive 1 hora à espera, caso contrário ainda estaria na minha cabeceira por acabar.

Esta história tem mais semelhanças com um conto de fadas para crianças que propriamente um livro para jovens adultos (teenagers, whatever...). Será que a juventude de hoje não aguenta com um pouco de sacrifício para se obter o que se quer? Será que para ser interessante e verosímil para estes futuros adultos tudo tem de ser facilidade? e o fim? terá de ser ele tão cor-de-rosa ao ponto de ser pior que muitas das histórias que a minha mãe me contou em criança (contos infantis mesmo!) pois nem os "maus da fita" são verdadeiramente castigados?

A história é toda ela tão inverosímil (sim eu sei trata-se de fantasia mas, mesmo dentro deste género há que estabelecer critérios minimamente aceitáveis) que nem sei por onde começar!

O parto de Nessie é algo indescritível, o que leva à sobrevivência de Bella ainda mais inverosímil. A facilidade com que a Bella passa de humana a vampira, sem nenhum dos problemas de sede incontrolável, entre outros, que TODOS os outros vampiros passaram até ela e depois dela, é outra. A facilidade com que ela "recusa" sangue humano quando o é ainda extremamente difícil para vampiros "maduros" conta como mais uma. Claro está que a pièce de résistance é mesmo o facto de ela aprender tudo com muito mais facilidade que qualquer outro vampiro (na nova vida e no novo corpo), ser das, senão mesmo a, mais deslumbrante vampira e (ouvem-se rufos ao fundo...) a super hiper mega (tive um momento Floribela perdoem-me mas não consegui aguentar) super poderosa vampira, capaz de afugentar os Volturi. Não acontece nem uma única batalha, uma única escaramuça, nada para dar mais drama e acção à história (acontece algo mas nem meia página dura por isso não é de grande valor). Só me resta concluir que esta autora tem MUITO medo de se aventurar por esse campo da acção tornando os diálogos interiores das suas personagens e os diálogos entre estas muito, muito extensos, e nem sempre interessantes.

ah... E já me ia esquecendo, aquela coisa da marcação dos lobisomens por crianças é algo no mínimo discutível e foi uma volta para lá de pouquíssimo convincente para deixar todos felizes e contentes.

Por fim, tenho de agradecer à Stephenie (acho que depois de lhe dar o meu €€ em 4 volumes que nem condensados em 3 se aproveita me posso dar a essa liberdade de a tratar pelo 1º nome) pela fantástica capacidade de me fazer adormecer bem depressa, algo que já nem os comprimidos para dormir estavam a conseguir.

Afinal, há sempre um livro para todas as situações da nossa vida!!

Comments (12)

On 4 de julho de 2009 às 22:46 , Canochinha disse...

LOL :D
Também gastei o meu precioso dinheiro (e tempo!), mas só nos 3 primeiros livros. Não tive nem vou ter coragem de ler este último. Mas ainda bem que lhe encontraste um aspecto positivo :D

 
On 5 de julho de 2009 às 07:36 , Mónica disse...

Este meu vício de acabar tudo o que começo é que elevou a que tivesse de comprar e ler o 4º volume, daí a já me ter desfeito do "Marcada", assim não perco nem mais tempo nem €€ :D

 
On 5 de julho de 2009 às 16:16 , Diana disse...

Eu li os três volumes e não gastei um único euro...porque me foram todos emprestados eheheh Mas com as críticas que tenho visto pela net, não estou com muita vontade de ler este 4º volume...

 
On 5 de julho de 2009 às 19:10 , WhiteLady3 disse...

Com esta série só perdi mesmo o tempo, mas como os li-a nas intermináveis filas de trânsito, até acho que ganhei alguma coisa - mantive a paciência no trânsito! XD

É que nem uma ceninha de acção. Era tudo o que eu pedia, uma mísera cena da acção, algum sangue, membros partidos, mortes... Se fosse o George Martin a pegar nisto...

 
On 5 de julho de 2009 às 22:19 , marcia disse...

Não li nenhum dos livros, nunca puxaram pelo meu interesse. Curiosamente ontem vi o filme "Crepusculo" e até gostei...mas acho que os livros não me vão convencer...se já estou a pensar assim nem vale a pena...lol...

 
On 10 de julho de 2009 às 11:17 , Anónimo disse...

Gostos não se discutem. Eu adorei o quarto livro e como fã da saga não poderia de deixar de o ler e aconselho a leitura pois acho que vale a pena.

Márcia, posso garantir que os livros são bem melhores que o filme.


Beijinhos e Parabéns pelo blog

Joana

 
On 13 de julho de 2009 às 14:38 , Dreamfinder disse...

Fiquei completamente rendida com o "Crepúsculo", mas agora estou bastante curiosa para ler as restantes obras da saga. Obrigada pelas dicas.

 
On 22 de julho de 2009 às 15:33 , Anónimo disse...

Eu gostei muito!
Isso vai de cada um...
E eu gostei pq gostei mesmo... Um amigo meu tinha levado o livro Crepúsculo pra faculdade e a aula estava muito chata, então peguei pra ler e adorei... até então nunca tinha ouvido falar da saga, ou seja, não fui influenciada pela mídia ou pelo sucesso que ele estava fazendo...

 
On 23 de julho de 2009 às 10:33 , Mónica disse...

Márcia,
Se gostaste do filme vais gostar ainda mais do livro. o problema é que a partir do 1º volume só piora.

Joana,
Gostos são gostos e não se discutem. É isso que a literatura tem de tão especial. Há sempre um leitor para um livro!

Dreamfinder,
Eu gostei bastante do 1º volume, o problema mesmo foi que os últimos 3 não estiveram à altura das minhas expectativas mas, aí está, das "minhas". Podem perfeitamente ir de encontro as expectativas de outros leitores como ficou provado pelos comentários a este post.

Caro Anónimo,
Se eu compreendo o que é ter aulas chatas de faculdade mas, mesmo assim, não me parece uma coisa muito sensata para fazer LOLOLOL
Quanto a gostar do livro, é óbvio que existem muitas pessoas no mundo a gostar senão ele não tinha feito o sucesso que fez :)
Daí que eu reforço a ideia, sempre que opino sobre qualquer livro, que estas são as "minhas" opiniões, daí ter tanto de mim nelas. Se reparar, nenhuma se assemelha minimamente a uma crítica literária como aquelas que vemos em blogs especializados. As minhas têm por vezes sarcasmo, humor, desilusão e toda uma pernafernalha gigantesca de sentimentos "meus" :)

 
On 30 de setembro de 2009 às 16:39 , Tatiana disse...

eu até gostei dos livros, mas concordo que oruve imensa palha para o burro e também fiquei muito desapontada com o último livro, especialmente pelo facto de não haver quase acção nenhuma! pelo amor de deus, eu gostava de ter lido pelo menos umas mortezinhas, gostava que a bella e os outros tivessem REALMENTE demonstrado as "capacidades" deles e também achei um pouco estúpida a parte em que a Bella vira vampira e nem sequer tem uma dificuldadezinha perante o que é tornar-se vampira!
concluindo, gostei mas fiquei deveras desiludida com estas partes...

 
On 6 de outubro de 2009 às 17:21 , Aléxia disse...

Olá !

Adorei seu blog ! Achei que não existissem pessoas tão fanáticas quanto eu por livros !

Também detestei a saga Crepúsculo, comprei os 3 primeiros livros e ainda não tive coragem de terminar o terceiro ! Afinal, tem muitos livros melhores me esperando !


Até mais

 
On 5 de novembro de 2009 às 23:55 , Alice disse...

Eu diria que a autora esvaziou sua idéia nos três primeiros livros, e no último foi puro devaneio. Só terminei de ler porque queria saber o fim. E depois que terminei, me senti idiota, como se ler os livros tivessem me emburrecido.
Se você em Portugal, sente isso, imagine nós aqui no Brasil, onde a maioria não gosta de ler, e quando lê, só esse tipo de livro.
E muitos autores ainda vão embarcar nessa onda, pena que não há nenhum como Anne Rice.